Histórico do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFOP

 

Histórico do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UFOP

    A universidade Federal de Ouro Preto firma-se na tradição das áreas das engenharias, consagradas pela secular Escola de Minas; na área da Farmacologia, com a Escola de Farmácia - ambas do período imperial, prestando importante contribuição para a nação com a formação de profissionais para essas áreas, chaves no desenvolvimento da nação brasileira. Mais recentemente, voltou sua atenção para a área das humanidades, criando o Instituto de Ciências Humanas e Sociais, na cidade histórica de Mariana. No final da década de 1990, amplia fortemente sua vocação acadêmico-científico para formar os profissionais da Educação para atuar na docência, gestão e investigação da Escola Básica e da educação em geral, em todos os seus níveis e modalidades.

    Esse marco, de grande repercussão para a região e adjacências, se expressa hoje no esforço que vem fazendo a instituição na formação de professores e profissionais da Educação em geral, a partir do Departamento de Educação – DEEDU. No contexto da Universidade, o DEEDU, localizado no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (Campus de Mariana), locus em que se abriga o PPGE/UFOP, funciona hoje como órgão de formação para todos os cursos de licenciaturas da UFOP - Artes Cênicas, Ciências Biológicas, Educação Física, Filosofia, História, Letras, Matemática, Música, Pedagogia e Química. O referido Instituto mantém em funcionamento três programas de pós-graduação: Educação, Historia e Letras.

    O Programa de pós-graduação em Educação – Mestrado da UFOP foi credenciado pela Capes em 2010 e abriu sua primeira turma em 2011, assumindo os objetivos definidos no Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG 2005-2010). Foi constituído, inicialmente, por 8 professores do DEEDU, com a participação de uma professora do Departamento de matemática (DEMAT) e outro do Centro de Educação a Distancia (CEAD). Desde a sua criação, o Programa oferece seleção anual e recebe estudantes de diversas cidades de Minas Gerais e do Brasil. Seu corpo docente é formado por Doutores e Pós doutores em Educação e em áreas afins,

 


Contexto Atual do Programa

    Atualmente, o PPGE/UFOP consolida-se com de 22 docentes permanentes, 2 colaboradores e pós-doutorandos bolsistas (PNPD) e voluntários. Cerca de 80% dos docentes têm formação específica em educação e 20% em áreas afins, com experiência e produção consolidadas na área da educação. Todos estão inseridos em projetos de ensino, pesquisa e extensão.

    Há constante consolidação e criação de grupos de pesquisa que oportunizaram o aumento de aprovações de projetos financiados por órgãos de fomento, como Capes, CNPq e Fapemig. Algumas pesquisas são de natureza interinstitucional de longa duração. Outras, locais, envolvendo a formação de profissionais da educação desde a graduação, atendendo às recomendações das políticas de formação continuada de professores.

    O Programa situa-se, ainda, na perspectiva de expansão do sistema de Pós-Graduação no Brasil e obteve nota 4 na CAPES em sua primeira avaliação quadrienal completa (2017).  Conta , atualmente, com 3 linhas de pesquisa e seus professores coordenam e/ou atuam em diferentes grupos de investigação sediados na UFOP ou em outras universidades e institutos nacionais e internacionais.